As 32 seleções que irão estar presente no Mundial da Rússia já estão definidas e o MKT Esportivo fez um levantamento de todas as marcas desportivas que estarão no torneio. Como habitualmente, a Adidas e a Nike são as principais fornecedoras, também devido aos grandes investimentos que ambas fazem no desporto-rei.

Ler mais: Adidas lucrou 1000 milhões

A Adidas, empresa alemã, representará 12 países. A Nike, empresa norte-americana, representará 10 seleções. A Puma, a New Balance e a Umbro com duas equipas. A Romai, a Uhlsport, a Erreà e a Hummel têm só uma seleção.

Se todos os contratos atuais se mantiverem até ao primeiro dia do Mundial, 14 de junho de 2018, este serão as representações. Destaque para a forte possibilidade de a empresa norte-americana querer assumir a representação do uniforme do Senegal.

Adidas: Rússia, Argentina, Alemanha, México, Bélgica, Espanha, Egito, Irão, Japão, Marrocos e Suécia.

Nike: Brasil, França, Portugal, Polónia, Inglaterra, Coreia do Sul, Arábia Saudita, Nigéria, Croácia e Austrália.

Puma: Suíça e Uruguai.

New Balance: Costa Rica e Panamá.

Umbro: Sérvia e Peru.

Romai: Senegal.

Uhlsport: Tunísia.

Erreà: Islândia.

Hummel: Dinamarca.

Há mais de 20 anos que a Adidas e a Nike lutam pelo domínio mundial nas principais competições. As duas marcas juntas vão patrocinar 22 das 32 seleções presentes no Mundial. O predomínio é justificado através da perca substantiva da Puma.

Ler mais: Alemanha e Adidas; França e Nike; Inglaterra e Nike; Croácia e Nike;

A Puma, anterior dominante do Brasil 2014, perdeu várias seleções, desde a Itália, Costa de Marfim e Gana. A aposta forte na campeã 2016, foi por água abaixo.

Este Mundial é ainda marcado por uma maior presença na quantidade de empresas de equipamentos. Aumentou para nove, depois de oito e sete marcas diferentes nos últimos torneios.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *