De acordo com o relatório da FIFA para o Mundial de 2018 na Rússia, a organização distribuiu 682 milhões de euros em prémios. Isto significa um aumento de 186 milhões de euros relativamente à edição de 2014. A França, equipa campeã da mais recente edição do torneio, foi também a vencedora a nível financeiro, tendo encaixado a maior fatia dos prémios distribuídos pelas 32 equipas presentes na competição.

Os “bleus” receberam 34,1 milhões de euros em prémios: 1,3 milhões de participação no Mundial e 32,8 por vencerem a competição. Os finalistas vencidos, a Croácia, ficaram-se pelos 25,4 milhões: 1,3 de participação e 24,1 pela presença na final. Como seria de esperar, a Bélgica também garantiu o terceiro posto na tabela de prémios do Mundial, arrecadando 22 milhões de euros, seguindo-se a Inglaterra (que perdeu com os belgas no jogo de 3º/4º lugar) com 20,3 milhões.

Ler mais: Conheça todos os prémios monetários oferecidos pela FIFA na Rússia

As equipas que foram eliminadas nos quartos-de-final do Mundial receberam todas as mesmas quantia: 15,1 milhões de euros. As equipas em causa são o Brasil, Suécia, Uruguai e a anfitriã Rússia.

Portugal foi umas das equipas que terminou o Mundial de 2018 entre o 9º e 16º lugar, fechando a sua prestação nos oitavos-de-final após a derrota por 1-2 frente ao Uruguai. De acordo com os prémios da FIFA, os cofres da Federação Portuguesa de Futebol contam com mais 11,3 milhões de euros, tal como as federações da Colômbia, Suiça, Dinamarca, Espanha, Japão, México e Argentina.

Seleção nacional não foi além dos oitavos-de-final na competição, resultado que se traduziu num prémio bastante mais reduzido do que o dos franceses.

Para além do prémio de participação entregue a todas as seleções presentes no Mundial, as piores equipas em competição ainda receberam mais 6,9 milhões de euros, culminando um valor total de prémio de 8,2 milhões para as equipas eliminadas na fase de grupos. Este lote envolve a Arábia Saudita, Egito, Marrocos, Irão, Austrália, Perú, Nigéria, Islândia, Costa Rica, Sérvia, Alemanha (ex-detentora do título), Coreia do Sul, Panamá, Tunísia, Senegal e Polónia.

Ler mais: Conheça o valor de todas as seleções que estiveram no Mundial

No total, a FIFA distribuiu 682 milhões de euros em prémios durante o Mundial. A França foi declarada campeã, após vencer a Croácia por 4-2 na final, em Moscovo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *