O Barcelona registou um valor recorde de receitas no valor de 708 milhões de euros, durante o período de 2016/17. Apesar da época desportiva não muito boa, a equipa catalã deu cartas no lado financeiro do futebol.

A receita total foi 13 milhões a mais em relação ao valor projetado pelo clube no início da temporada. Após retirados os impostos, o Barcelona gerou um lucro de 18 milhões de euros. Isto permitiu à equipa de Leo Messi reduzir a sua dívida em 24,5 milhões.

Os acordos com os patrocinadores deram uma boa ajuda na obtenção destes números. A renovação com a Qatar Airways por um período de quatro anos, com as mesmas condições do contrato anterior. A transportadora aérea do Qatar patrocina o Barcelona desde 2013/14, num negócio avaliado em 32 milhões de euros. Além disso, a nova parceria com a plataforma japonesa de comércio eletrónico Rakuten, está avaliada em 55 milhões de euros por temporada.

O Barcelona disse que os resultados indicaram que o plano estratégico do clube, que atingirá um mil milhão em receitas até 2021, continua em curso. Os salários representaram 66% das despesas totais do clube. Os “blaugrana” contam com três dos seus jogadores no top 20 dos maiores salários do futebol mundial.

O clube espanhol foi classificado pela revista de negócios Forbes como a quarta franquia mais valiosa no desporto mundial. Atualmente, o Barça está avaliado em 3,64 mil milhões de euros. O Barcelona foi classificado atrás da franquia dos Dallas Cowboys da NFL, dos New York Yankees da MLB e do Manchester United da Premier League. À frente do Barcelona, surgem os seus grandes rivais, o Real Madrid.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *