A compra do Estádio de La Peineta pelo Atlético Madrid ao município da capital espanhola custou 30,4 milhões de euros. O estádio, que terá o nome de Wanda Metropolitano, será a nova casa dos colchoneros a partir da próxima temporada.

Segundo o comunicado do município espanhol, os rojiblancos ficam ainda com a responsabilidade de construir os acessos para o espaço, bem como mais quatro mil lugares de estacionamento com o custo de mais 29,8 milhões de euros. O Atlético Madrid vai pagar no total 240 milhões de euros, para ter um novo recinto — montante onde se incluem as faturas com a compra do estádio, obras e aumento do terreno.

O acordo entre as duas entidades faz com que o clube seja o dono do estádio e que a possibilidade de uma eventual realização dos Jogos Olímpicos caia por terra, pelo menos naquele terreno. O estádio terá a capacidade de 73 mil lugares, quase 20 mil a mais do que o atual.

Como noticiado em dezembro pelo Finance Football, o Atlético vai deixar o mítico estádio Vicente Calderón, meio século depois. O clube já tinha apresentado o nome Wanda Metropolitano, resultado da venda dos namings rights ao Wanda Group. O valor foi fixado em 100 milhões de euros, durante uma década. O conglomerado chinês pagou 45 milhões de euros, em 2015, para uma participação de 20% no Atlético.

A última partida da equipa madrilena no Vicente Calderón acontecerá no dia 21 de maio contra o Athletic Bilbau, a contar para o campeonato espanhol. Desde fevereiro, os sócios do clube podem comprar os bilhetes para o adeus ao mítico estádio. Contudo, o último jogo no estádio vai ser a final da Copa do Rei a 27 de maio, que irá opor o FC Barcelona contra o Alavés.

O Atlético Madrid já colocou o seu terreno em candidatura para a final da Liga dos Campeões de 2019. Atualmente, o clube de Diego Simeone ocupa o terceiro lugar na La Liga.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *