Há dez anos poucos eram os que falavam do futebol chinês. Hoje, seja dentro ou fora de campo, a China tem-se revelado uma potência crescente no futebol, conquistando novos adeptos todos os dias.

Para tal, são cada vez mais os nomes sonantes que se aventuram na Super Liga Chinesa. Ramires, Alex Teixeira, Lavezzi, Jackson Martínez, Graziano Pellè e Hulk são alguns dos jogadores mais mediáticos. Atualmente há apenas um português a frequentar a Super Liga Chinesa, o internacional português Rúben Micael, que joga no Shijiazhuang Ever Bright.

No que toca à contratação de jogadores, as equipas chinesas não se poupam e estão dispostas a gastar o que for necessário para garantir alguns dos astros do futebol mundial. Hulk foi contratado ao Zenit por 52 milhões de euros, Alex Teixeira foi contratado ao Shakhtar Donetsk por 50 milhões e Jackson Martínez ao Atlético de Madrid por 42 milhões de euros.

O que leva estes jogadores a irem para uma liga pouco reconhecida e também pouco competitiva em comparação com os principais campeonatos europeus? Sejam quais forem os motivos, de certeza que a componente financeira assume um papel bastante importante na decisão final.

Ler mais:

Cinco dos 14 jogadores mais bem pagos do mundo jogam na Liga Chinesa. A mais recente contratação do Shanghai SIPG, o ex-portista Hulk, é atualmente o mais bem pago jogador na China, recebendo 20 milhões de euros por ano, fazendo do brasileiro o quarto jogador mais bem pago do mundo.

Apesar de ser uma das ligas que melhor paga no mundo aos seus jogadores, a Super Liga Chinesa é também, segundo um estudo da Sporting Intelligence, a que apresenta a maior disparidade nos salários. Do total dos salários dos jogadores, 81% desse valor é auferido por apenas 47 jogadores.

Aliás, o salário médio da liga chinesa ronda já os 680 mil euros por ano, tornando-se na sexta liga com o melhor salário médio. A Super Liga Chinesa está logo abaixo da Ligue 1, de França, e muito distante do salário médio anual da Liga Inglesa, que ronda os 2,83 milhões de euros

A história de Jack Seally é também uma das mais fascinantes do futebol chinês. O jogador britânico atuava no Bristol Manor Farm, uma equipa de uma liga amadora inglesa, a ganhar à volta de 25 euros por semana. Com a sua transferência para o Changchun Yatai da Super Liga Chinesa, ganha atualmente 12 mil euros por semana.

E não é só nos jogadores que isto se sucede. Para manter o mais recente treinador do Shanghai SIPG, André Vilas-Boas, é necessário um contrato de quase 13 milhões de euros por ano. O treinador português tem assim um salário superior ao de Antonio Conte do Chelsea, Jurgen Klopp do Liverpool e Arsène Wenger do Arsenal. Apenas José Mourinho e Pep Guardiola ganham mais que o ex-treinador do FC Porto.

2 Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *