O Olympique Lyonnais lançou a equipa oficial de e-sports em janeiro para a participação na primeira liga virtual, a e-Ligue 1. Contudo, nas últimas semanas, o Lyon decidiu investir além-fronteiras neste novo mercado e contratou quatro jogadores chineses.

Com o principal intuito de distanciar dos seus rivais, nomeadamente do PSG, e crescer na modalidade, a equipa de Anthony Lopes contratou os jogadores profissionais Rui Feng, Song Di, Xu e Sun Quingmu Jiangfeng. Com isto, formou uma equipa de e-sports na China com o objetivo de participar em torneios do jogo eletrónico FIFA.

A nova equipa vai estrear-se na Liga FSL, uma competição organizada pela gigante Tencent Games. O torneio irá ser de FIFA Online. Alexandre Lacazette e Mathieu Valbuena vão participar num vídeo para promover a recém-criada equipa.

Este processo acontece depois de em dezembro o fundo chinês IDG Capital ter adquirido 20% do Grupo Olympique Lyonnais. A compra rondou os 100 milhões de euros e tem como principal pretensão fazer crescer a atividade do clube no mercado chinês e asiático.

As duas organizações são ainda sócias da Beijing Lyon Xingzhi Sports Culture, uma empresa encarregue de construir escolas de futebol em território chinês, com formações dirigidas pelos treinadores da equipa francesa.

A aposta no e-sports é uma consequência da expansão para várias modalidades do Olyimpique Lyonnais. Os campeões do primeiro torneio de Inverno da Liga Virtual Francesa foram o Nancy, com Diogo Peixoto, e o Dijon, com Corentin Chevrey.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *