O Barcelona e a marca de vestuário desportivo Nike selaram um contrato de parceria para os próximos dez anos, com um valor que pulveriza os recordes actuais. A partir de 2018/2019, e durante toda a década subsequente, o campeão espanhol vai receber nada mais nada menos do que 155 milhões de euros por ano – sim, por ano – para vestir Nike.

Até agora, o recorde pertencia ao Manchester United, que em Setembro assinou a Adidas um acordo no valor de 835 milhões de euros para os próximos anos. Ou seja, a turma catalã conseguiu praticamente dobrar o valor que o Manchester obteve da principal marca alemã. Contratos milionários que também ajudam os dois clubes a pagar dois dos salários mais chorudos do mundo de futebol: Mourinho e Luis Enrique.

Curiosamente, o Barcelona nem sequer é o clube que mais camisolas vende em todo o mundo. Segundo um estudo feito pela empresa de consultoria PR Marketing, o primeiro lugar do ranking mundial vai para o Manchester United, que vendeu 1,75 milhões de unidades ao longo das últimas quatro temporadas.

O vice-presidente do Barcelona, Manuel Arroyo, afirmou-se confiante no futuro, após este negócio “histórico”, e disse que os valores em causa “colocam o Barcelona como número um no mundo no que diz respeito a patrocínios desportivos”.

Ler mais: Os 10 maiores contratos de patrocínio nas camisolas 2016-2017

O objectivo para este ano será renovar o título espanhol e ‘roubar’ a Liga dos Campeões ao arqui-rival Real Madrid, que no ano passado conseguiu a 11.ª taça.

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *