Um grupo de investidores chineses e americanos adquiriu 80% do clube da Ligue 1 francesa Nice.

Os valores do negócio não foram revelados, embora tenha sido divulgado o nome dos dois principais accionistas: Alex Zheng, presidente do grupo hoteleiro Plateno Group, e Chien Lee, fundador e CEO da NewCity Capital.

Integram ainda este consórcio internacional Paul Conway, que representa o Pacific Media Group, e o investidor norte-americano Elliot Hayes.

Simultaneamente, o presidente do clube, Jean-Pierre Rivère, ficará a deter 20% do capital do clube que terminou no quarto lugar da primeira liga francesa.

O Nice joga no novíssimo Allianz Riviera, um estádio com capacidade para 36.600 espectadores e que é um dos palcos do Euro 2016. O clube espera inaugurar já em 2017 um moderno centro de treinos para a equipa principal e academia.

“Os novos investidores foram atraídos pelo nosso projecto assim como pelas oportunidades que a cidade de Nice e a Riviera francês oferecem, especialmente na área do turismo, imobiliário, actividades que são o coração dos seus negócios”, referiu Rivère em comunicado.

“Além do mais, a China é um país extremamente fértil do ponto de vista comercial, especialmente quando está a despertar para a beleza do futebol”, acrescentou o presidente francês.

Chien Lee, que será o chairman do conselho de supervisão do clube, reforçou: “O nosso grupo investidor está deliciado com a parceria com Jean-Pierre Rivère e a equipa de gestão no sentido de apoiar o crescimento do Nice. O clube desenvolveu uma excelente plataforma para o futuro. Entre a paixão dos seus adeptos, o seu estádio de classe mundial e o futuro centro de treinos, a infraestrutura está no devido lugar para cumprir os objectivos da equipa de gestão”.