É de senso comum que os jogadores de topo do futebol mundial conseguem ganhar até milhões de euros por ano. A pergunta que muitos não sabem responder é quanto ganha um jogador profissional de FIFA, o jogo eletrónico da EA Sports.

Um jogador de FIFA 19 não conta com um salário base. O seu ganha-pão são os prémios monetários que ganha nos torneios em que participa. Além disso, os contratos de patrocínio também são uma rentável fonte de rendimento.

Até ao momento, em 2018, foram distribuidos mais de 115 milhões de euros em prémios por jogadores de eSports. Ao contrário do que acontece no vida real, o futebol está longe de ser o mais lucrativo. Nos 34 eventos oficias disputados até à data da recolha dos dados, foram atribuídos 1,8 milhões de euros em prémios.

Estes números afastam-se largamente dos prémios obtidos em torneios de DOTA 2. Em 137 torneios, foram premiados cerca de 33 milhões de euros.

A competição com o maior prize pool foi as finais do FIFA eWorld Cup, que contava com um total de 350 mil euros em prémios. O vencedor do torneio foi o saudita Aldossary “MSdossary7” Mossad, que levou para casa cerca de 220 mil euros. O restante pódio foi ocupado pelo belga “StefanoPinna” e “Kurt0411”, de nacionalidade maltesa.


Os sauditas lideram a tabela de ganhos de FIFA, com um total de 460 mil euros acumulados. O único jogador profissional português, “RastaArtur”, ainda não conseguiu alcançar nenhum prémio nesta edição do jogo.