A partilha dos direitos televisivos dos clubes da Liga NOS entre as várias operadoras de serviços televisivos vai levar a um aumento dos custos dos vários pacotes junto dos consumidores. A informação foi avançada pela Altice, durante uma teleconferência com analistas.

Segundo o director financeiro da Altice, Dennis Okhuijsen, “a partir do quarto trimestre vamos passar esse custo para o cliente para reflectir o elevado custo do conteúdo e o serviço significativamente melhorado”. A Altice, dona da MEO, prevê que aconteça o mesmo com as operadoras concorrentes.

O acordo da partilha de direitos televisivos foi assinado pelas quatro principais operadoras em Portugal no verão deste ano, e surgiu após a MEO retirar da grelha de canais da NOS o Porto Canal, ao passo que a NOS ameçou retirar a Benfica TV e a Sporting TV à rival.

A 26 de julho, e após a assinatura deste acordo, os analistas alertaram que num futuro próximo os custos seriam maiores e iriam estar presentes nas contas dos consumidores.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA