No verão de 2015, quando tentou emendar a mão e evitar que Jorge Jesus fosse representar o rival Sporting, Luís Filipe Vieira sabia (ou deveria saber) que estava a perder um técnico que, por mais polémicas que coleccione, sabe como ninguém valorizar os jogadores.

Tal como o fez no Benfica durante seis temporadas, Jesus também também já está a render milhões de euros ao Sporting. E não é por acaso que ele surge como o técnico mais bem pago em Portugal e um dos mais bem pagos da Europa e que Pinto da Costa o admire.

Apenas uma época bastou para que o bom futebol regressasse ao relvado de Alvalade e colocasse os jogadores leoninos no radar dos tubarões europeus. Se é certo que parte da estrutura já vinha do ano anterior, Jesus fez questão de evidenciar ainda mais esse bom trabalho – apesar do título de campeão ter escapado para o Benfica. Quanto vale Jorge Jesus?

Nas últimas sete temporadas, Jesus foi responsável (ou teve influência directa) de mais de 530 milhões de euros em receitas arrecadadas por Benfica e Sporting com a venda de atletas, de acordo com os dados recolhidos pelo Finance Football.

Por época, o actual técnico do Sporting “vende” em média jogadores no valor de 76 milhões de euros. Uma receita essencial para qualquer clube europeu e, especialmente, para um clube português que tenta disputar competições com os grandes tubarões mundiais.

quanto-vale-jorge-jesus

Os dados do site Transfermarkt mostram ainda que as últimas duas épocas ao serviço do Benfica foram de elevada rentabilidade para os cofres encarnados: mais de 100 milhões de euros arrecadados com a venda de jogadores em cada uma das duas temporadas, valores históricos para o clube.

Importa ter em conta que, embora Jorge Jesus tenha entrado ao serviço na Luz na temporada 2009-2010, as vendas desse ano foram praticamente realizadas na janela de transferências que acontecera no Verão de 2009 anterior à sua contratação, pelo que o valor não surge na tabela.

Já as compras realizadas nessa janela de transferências no Verão de 2009, num volume de 34,3 milhões de euros, contam para o total de aquisições de Jorge Jesus, dado que o técnico já tinha ingressado no clube encarnado por essa altura.

comprasevendas_saldo_jesus

Assim, com um total de 267 milhões de euros em aquisições nas suas passagens pelo Benfica e Sporting, o saldo final cifra-se em aproximadamente 266 milhões de euros.

Sporting campeão… do mercado

No Sporting, com Jorge Jesus ao leme e com as vendas de Slimani ao Leicester e de João Mário ao Inter, o clube obteve receitas históricas no último defeso. Sagrou-se, de resto, campeão nacional do mercado de transferências, um título que já lhe escapava desde que transferiu Cristiano Ronaldo para o Manchester United, na temporada 2003-2004.

Um feito a ter muito em conta face ao intenso domínio exercido por Benfica e FC Porto nos últimos anos.

 

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *