O Euro 2016 pode não estar a correr de feição a Cristiano Ronaldo e à selecção portuguesa, mas os patrocinadores do craque português continuam a ter razões para sorrir.

Patrocinar Ronaldo é um bom negócio para qualquer marca que busca visibilidade no imenso mundo das redes sociais como o Facebook ou o Twitter. Segundo um estudo a Hookit, o internacional português gerou para os seus patrocinadores 155 milhões de euros nos últimos 12 meses.

Para determinar este valor, a consultora especializada em marketing digital calculou o tipo de promoção, a sua qualidade, o número de interacções e ainda o mercado alvo que os posts publicados por CR7 atingiram.

Ronaldo é, de facto, o “one man Social Media show”. Bem longe dos números apresentados pelo português surge o norte-americano Stephen Curry, que representou um retorno de apenas 20 milhões de euros para as marcas que representa.

Relacionada: FPF associa-se à marca CR 7footwear

Entre os sponsors que mais ganharam com a associação à estrela portuguesa está a fabricante de material desportivo americana Nike. Se o contrato entre ambos rende 11,5 milhões de euros ao capitão da selecção nacional, já a Nike obteve um retorno de cerca de 32 milhões de euros com Ronaldo.

Só para perceber o verdadeiro impacto de Cristiano Ronaldo nas redes sociais, são mais de 215 milhões de seguidores, divididos entre Facebook, Instagram e Twitter, que acompanham de perto todos os passos do jogador, representando 60% mais fãs do que eterno rival Messi.

ronaldo_hookit

Em Fevereiro deste ano, o português tornou-se no primeiro atleta mundial a superar a fasquia dos 200 milhões de seguidores nas redes sociais. E no último jogo diante da Áustria ultrapassou Figo como jogador português mais internacional de sempre, com um total de 128 internacionalizações.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *