Pexels

A Premier League acabou de fechar um novo acordo bilionário com a Sky e a TNT Sports em torno dos direitos de transmissão dos jogos de futebol no Reino Unido, num negócio que vai render um valor recorde de £6,7 bilhões ao longo de quatro anos.

O acordo é válido a partir da temporada 2025-26 e deverá aumentar significativamente o número de partidas transmitidas ao vivo.

A Sky assegurou quatro dos cinco pacotes à venda, o que significa um mínimo de 215 jogos ao vivo, incluindo todas as 10 partidas da última jornada da temporada. Já a TNT transmitirá 52 jogos por temporada.

Pela primeira vez, todas as partidas fora do “closed period” das 15h de sábado serão transmitidas ao vivo no Reino Unido. Também haverá mais jornadas de jogos durante a semana, com jogos a serem exibidas simultaneamente, permitindo que os fãs escolham qual assistir.

A aumento do conteúdo disponível e a extensão dos termos do contrato levaram a Premier League a considera que se trata do “maior acordo de direitos de media esportivos já concretizado no Reino Unido”. E é visto como a consolidação do estatuto da Liga inglesa como a competição de futebol doméstica mais bem-sucedida do mundo.

Apesar de garantir um crescimento anual de apenas 4% em sua receita dos direitos domésticos, abaixo dos níveis atuais de inflação, o acordo representa mais do que o dobro do valor do recentemente assinado pela Serie A italiana.

Richard Masters, CEO da Premier League, afirmou: “Como parceiros de longa data e valorizados, a Sky Sports e a TNT Sports são conhecidas por oferecer consistentemente cobertura e programação de classe mundial. Tivemos audiências recordes nas últimas temporadas, e sabemos que a inovação contínua deles atrairá mais pessoas para assistir e acompanhar a Premier League”.

Dana Strong, CEO do grupo Sky, disse: “Este é um resultado fantástico para os clientes da Sky, que verão um aumento significativo no número de partidas da liga mais icónica do mundo. Estamos orgulhosos de nossa longa história com a Premier League e ansiamos por fornecer mais envolvimento, entretenimento e inovação até o final da década. A Sky é o lar incontestável para os fãs de esportes no Reino Unido.”

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA