Messi foi considerado o melhor do mundo em 2021 naquele que foi o seu sétimo título. O que faz do astro argentino o jogador que mais vezes ganhou a Bola de Ouro, afastando-se do rival de sempre Cristiano Ronaldo, que tem cinco. A Argentina já conquistou o troféu por sete vezes à boleia de Messi.

Esse ranking é liderado pela Alemanha, que também tem sete Bolas de Ouro, tendo conquistado os últimos títulos na década de 90 com Lothar Matthäus e Matthias Sammer, mas obteve mais segundos e terceiros classificados que lhe dão a liderança deste ranking.

Ler mais: Top 20 Maiores Salários nas Grandes Ligas Europeias

Confira a lista dos jogadores que marcaram a história do futebol mundial.

10 – URSS

Ballon d’Or: 3
Lev Yashin (1963)
Oleg Blokhine (1975)
Igor Belanov (1986)

9 – Espanha

Ballon d’Or: 3
Alfredo di Stéfano (1957, 1960)
Luis Suárez (1960)

2.º lugar: 5
3.º lugar: 9

8 – Brasil

Ballon d’Or: 5
Ronaldo (1997, 2002)
Rivaldo (1999)
Ronaldinho (2005)
Kaká (2007)

2.º lugar: 2
3.º lugar: 4

 

7 – Inglaterra

Ballon d’Or: 5
Stanley Matthews (1956)
Bobby Charlton (1966)
Kevin Keegan (1978, 1979)
Michael Owen (2001)

2.º lugar: 8
3.º lugar: 5

6 – Itália

Ballon d’Or: 5
Omar Sivori (1961)
Gianni Riveri (1969)
Paolo Rossi (1982)
Roberto Baggio (1993)
Fabio Cannavaro (2006)

2.º lugar: 9
3.º lugar: 3

5 – França

Ballon d’Or: 6
Raymond Kopa (1958)
Michel Platini (1983, 1984, 1985)
Jean-Pierre Papin (1991)
Zinedine Zidane (1998)

2.º lugar: 5
3.º lugar: 11

4 – Argentina

Ballon d’Or: 7
Lionel Messi (2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019, 2021)

2.º lugar: 5
3.º lugar: 1

3 – Holanda

Ballon d’Or: 7
Johan Cruyff (1971, 1973, 1974)
Ruud Gullit (1987)
Marco van Basten (1988, 1989, 1992)

2.º lugar: 4
3.º lugar: 6

2 – Portugal

Ballon d’Or: 7
Eusébio (1965)
Luís Figo (2000)
Cristiano Ronaldo (2008, 2013, 2014, 2016, 2017)

2.º lugar: 10
3.º lugar: 1

1 – Alemanha

Ballon d’Or: 7
Gerd Müller (1970)
Franz Beckenbauer (1972, 1976)
Karl-Heinz Rummenigge (1980, 1981)
Lothar Matthäus (1990)
Matthias Sammer (1996)

2.º lugar: 10
3.º lugar: 11

8 Comentários

    • tem dupla nacionalidade: argentina e espanhola, aqueles troféus obteve-os enquanto jogador em Espanha. Esta a razão da forma da contabilização

  1. Romário nunca, em 1994 foi Hristo Stoichkov.
    Di Stéfano nasceu na Argentina mas foi naturalizado espanhol, assim como Deco do F. C. Porto/ Barcelona, foi naturalizado português.

  2. tá errado não.. Do Stefano jogou pelas duas seleções espanhola e argentina, as vezes que venceu o bola de ouro ele joga a pela seleção espanhola, por isso o título para espanha

DEIXE UMA RESPOSTA