A camisa do Real Madrid é a mais valiosa da indústria do futebol, com os merengues a receberem €70 milhões de euros por ano do seu patrocinador Emirates.

A companhia áerea dos Emirados Árabes Unidos vai pagar um total de €420 milhões ao Real Madrid durante os 6 anos do contrato que termina no final da próxima temporada (2022-2023).

A Emirates é um dos grandes players do futebol. Detém valiosos negócios de patrocínio com grandes times europeus, incluindo o Arsenal (€45 milhões por época) e Olympique Lyon (€22 milhões).

Enquanto um acordo de patrocínio parece ser uma decisão puramente económica, com as marcas buscando visibilidade e notoriedade em determinada região ou indústria, também tem a ver com a comunidade que tanto o time e o sponsor estão envolvidos.

Ler mais: Top 10 Camisas Mais Vendidas em 2021

E isso ajuda a explicar a razão pela qual o fabricante de automóveis Volkswagen paga €20 milhões ao Wolfsburgo, num negócio avaliado em €320 milhões durantes os vários anos de contrato. É um dos maiores em termos de duração do acordo, desde 2013 até 2029.

O Bayern Munique detém o terceiro maior negócio de sponsor. A Deutsche Telekom paga ao clube alemão €45 milhões por temporada, com o acordo de patrocínio a render uma soma total de €315 milhões durante os sete anos de contrato.

Domínio inglês

O ranking dos 10 maiores negócios de patrocínio no futebol tem 5 clubes ingleses. O Tottenham assegurou uma verba de €313 milhões do seu patrocinador AIA Group e o Manchester United recebe €274 milhões do seu recente acordo com a TeamViewer.

Arsenal, Liverpool e Chelsea também fecharam acordos lucrativos com a Emirates, Standard Chartered e Third, respetivamente.

A Juventus surge na posição 9 do ranking, com o acordo com a Jeep (da fabricante Fiat) avaliado em €135 milhões (€45 milhões por época). O Olympique Lyon surge em último da lista, recebendo €22 milhões por ano da Emirates.

Onde está o Barça?

É a pergunta deste ranking: o que aconteceu com o Barcelona?

A Rakuten é o patrocinador principal do clube catalão, mas o acordo está a caminho de terminar no final desta época.

A marca japonesa pagava €55 milhões mais variáveis, mas o negócio foi entretanto revisto em baixa para os €30 milhões mais variáveis. O acordo termina este verão.

Enquanto o Barça está em negociações com várias marcas, será difícil que o novo patrocinador venha a pagar o mesmo montante que pagava a Rakuten, depois da saída das estrelas Neymar, Suarez e, sobretudo, Messi, que davam maior brilho a time catalão.

Entretanto, depois de uma primeira metade algo aquém do esperado, o mercado de transferências do Inverno trouxe alguns nomes importantes para Camp Nou, como Ferran Torres e Aubameyong.

Top 10 Maiores Contratos Patrocínios no Futebol

# Clube – Patrocínio Principal Total (Valor anual) Duração

  1. Real Madrid – Emirates €420 milhões (€70 milhões) 2017-2023
  2. Wolfsburg – Volkswagen €320 milhões (€20 milhões) 2013-2029
  3. Bayern Munique – Deutsche Telekom €315 milhões (€45 milhões) 2016-2023
  4. Tottenham Hotspur – AIA Group €313 milhões (€39 milhões) 2019-2027
  5. Manchester United – TeamViewer €274 milhões (€55 milhões) 2021-2026
  6. Arsenal – Emirates €224 milhões (€45 milhões) 2019-2024
  7. Liverpool – Standard Chartered €183 milhões (€46 milhões) 2019-2023
  8. Chelsea – Three €142 milhões (€47 milhões) 2020-2023
  9. Juventus – Jeep €135 milhões (€45 milhões) 2021-2024
  10. Olympique Lyon – Emirates €110 milhões (€22 milhões) 2020-2025

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA