É sempre mais fácil ligar-se a um time quando ele está por cima, vence os jogos e ganha troféus importantes que nos fazem vibrar e orgulhar como adepto.

Isso ajuda a explicar a evolução do número de sócios no Brasileirão. Acabadinho de se tornar campeão, o Atlético regista uma das maiores subidas em número de sócios, mais 21,5% (+27 mil sócios), tendo atualmente mais de 126 mil torcedores que são membros do clube.

Também o Palmeiras observa uma subida bem expressiva, de acordo com os dados compilados pelo site Ataque Marketing. O Verdão tem mais 15,3% de sócios, isto é, aproximadamente mais 4.000 sócios, registando agora quase 44.500 sócios, isto depois de ter conquistado novamente a Copa Libertadores, a segunda em dois anos consecutivos com o técnico português Abel Ferreira no leme.

Ler mais: Top 10 Clubes com Mais Sócios

Mas a maior subida pertence mesmo ao Botafogo, que acabou de conquistar a Série B: o número de sócios aumentou mais de 25% e são agora 22.539 torcedores que também são sócios do time do Rio de Janeiro.

As maiores quedas

Quando um time não atravessa o melhor momento, a torcida também faz sentir esse desagrado com o clube. Quem o digam o Flamengo e o Vasco.

O Fla perdeu mais de 7% dos seus sócios e tem agora 65.643 sócios, metade do Atlético. Isto acontece depois de não ter conquistado o Brasileirão e de ter perdido a final da Copa Libertadores para o rival de São Paulo.

Já o Vasco, depois de uma época dececionante na Série B, tem a maior descida do número de sócios: -21,8% para um total de 48.266 sócios. Embora tenha registado uma quebra impressionante de mais de 10.000 sócios, continua a ser o terceiro time com mais adeptos no Brasil.

Surpresa!

Enquanto Corinthians, Grémio e Internacional não divulgam o número de sócios, o que alteraria com certeza esse ranking, o top de times com mais sócio-torcedor inclui o Cruzeiro. É um dos times históricos, mas atravessa atualmente uma grave crise e foi recentemente comprado pelo antigo atacante Ronaldo “Fenómeno”, alguém que conhece bem a casa.

Apesar do período conturbado que atravessa, o time de Belo Horizonte conquistou 2.000 sócios, o que é sempre importante para as receitas com quotização. Em todo o caso, a base de torcedores é muito baixa: 12 mil sócios estão ligados ao Cruzeiro neste momento. Há trabalho a fazer na reconquista dos adeptos.

Top Times com mais Sócios no Brasileirão

  1. Atlético – 126.144 sócios (+21,5%)
  2. Flamengo – 65.643 sócios (-7,5%)
  3. Vasco – 48.466 sócios (-21,8%)
  4. Palmeiras – 44.492 sócios (+15,3%)
  5. Fluminense – 32.554 sócios (+7,7%)
  6. São Paulo – 31.047 sócios (0%)
  7. Santos – 29.525 sócios (+3,4%)
  8. Botafogo – 22.539 sócios (25,5%)
  9. Cruzeiro – 12.028 sócios (+13,0%)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA