Este sábado à noite, o estádio do Maracanã no Rio de Janeiro irá receber a final da Copa Libertadores entre os clubes rivais Palmeiras e Santos, que vão lutar pelo maior prémio financeiro do futebol sul americano.

É uma das maiores competições do mundo, preenchida de momentos históricos e capaz que elevar os vencedores ao estatuto de lendas junto das suas torcidas. E qual o valor dos prémios?

A Conmebol, a federação sul americana de futebol e que organiza a competição, adianta que os prémios totais aos participantes da edição 2020 da Libertadores será de $168,3 milhões. A edição 2020 termina com a final deste sábado, depois de vários jogos disputados com atraso devido à pandemia.

O dinheiro é repartido por todos os clubes participantes, e os prémios vão em crescendo conforme se vai superando as diferentes fases da prova até à final.

Os 32 clubes que atingem a fase de grupos recebem cada um $3 milhões, $1 milhão por cada jogo em casa. Se passarem à fase seguinte, dos oitavos de final, recebem $1,05 milhões.

Para quem chegar aos quartos, o clube soma $1,5 milhões ao seu prémio total. Poderá acumular mais $2 milhões se disputar as meias finais.

Ler mais: UEFA Champions League Prize Money 2019-2020

Na final, os prémios sobem consideravelmente. O clube derrotado terá direito a um prémio de $6 milhões, que acumula com o dinheiro das anteriores fases. O vencedor da Glória Eterna são $16 milhões, somando-se aos $6,5 milhões já conquistados.

Além disso, o vencedor terá a oportunidade de disputar o Mundial de Clubes, da FIFA, que terá lugar no Qatar no próximo mês. Os prémios serão de $2 milhões para o quarto classificado, $2,5 milhões para o terceiro, $4 milhões para o finalista derrotado, enquanto o campeão do mundo recebe $5 milhões.

Como compara com as anteriores edições?

Na edição do ano passado, o vencedor Flamengo recebeu $19,5 milhões, menos $3 milhões do que receberá o vencedor deste ano.

No total, a Conmebol melhorou os prémios monetários entre as duas edições: passaram de $161,9 milhões para $168,3 milhões.

A melhoria dos prémios e as mudanças no figurino da competição refletem o esforço da Conmebol para aumentar a competitividade do torneio e conquistar audiências para lá da América do Sul.

Anteriormente, a final disputava-se em duas mãos, com os jogos sendo realizados a meio da semana. A edição de 2019 e esta edição a final disputa-se em apenas um jogo que tem lugar ao sábado e num horário mais conveniente para os torcedores na Europa, por exemplo.

Apesar de ter sido uma decisão impopular, essas mudanças permitiram à Conmebol assegurar mais contratos televisivos.

Como é na Champions?

Na Liga dos Campeões da Europa os prémios são bem mais elevados.

O vencedor ganha $22,5 milhões pela vitória na final, acima dos $15 milhões que receberá o vencedor da Copa Libertadores. O finalista derrotado recebe $15 milhões ($6 milhões na Libertadores).

Cada vitória na fase de grupos da Champions rende $3.2 milhões. Antes, cada equipa que atinja a fase de grupos recebe por igual $18 milhões.

Os prémios vão crescendo à medida que se avança na competição. $11 milhões para quem chegue aos oitavos, mais $12,5 milhões para os quartos. Os semifinalistas recebem um adicional de $14 milhões.

Dessa forma, a conquista da Champions poder render quase $90 milhões no caso de vitórias em todos os jogos.

Prize Money Copa Libertadores

Fase 1: $350.000 por jogo
Fase 2: $500.000 por jogo
Fase 3: $550.000 por jogo
Fase de grupos: $1 milhão por jogo em casa ($3 milhões para cada equipa)
Oitavas-de-final: $1,05 milhões por jogo
Quartas-de-final: $1,5 milhões por jogo
Semifinal: $2 milhões por jogo
Finalista vencido: $6 milhões
Vencedor: $15 milhões