O Liverpool vai apresentar esta semana o plano para expandir o mítico Anfield Road. Os campeões da Premier League pretendem aumentar a capacidade do seu icónico estádio em cerca de 7 mil ugares. Com as obras de expansão, o Anfield Road passará a ter um capacidade total de 61 mil lugares.

A proposta será submetida ao Liverpool City Council. Os reds também querem que o Anfield possa acolher outro tipo de eventos além de jogos de futebol, tais como concertos de música e outros acontecimentos de grande envergadura.

Os primeiros planos para aumentar a capacidade do estádio foram apresentados em dezembro de 2019, com um custo de £60 milhões. Contudo, a submissão subsequente foi suspensa devido à pandemia de Covid-19.

Prevê-se que as autoridades de Liverpool anunciem uma devisão na Primavera de 2021. Se for aprovado, será a sua maior remodelação do Anfield Road desde que o clube foi adquirido pelo Fenway Sports Group, de John Henry.

Em setembro de 2016, a capacidade do estádio foi aumentada em 8.500 lugares, numa obra orçada em £100 milhões. Anfield passou a dispor de uma capacidade de 54.742 lugares.

Agora, com nova expansão, Anfield passará a ser o terceiro maior estádio em Inglaterra, apenas atrás de Old Trafford (Manchester United) e do Tottenham Hotspur Stadium, que têm capacidade de 75.653 e 62.062 lugares, respetivamente.

“Temos sido claros desde o início de que a expansão terá por base três aspetos: a viabilidade e sustentabilidade financeira, a integração bem-sucedida na paisagem e a cooperação dos residentes locais e da comunidade”, disse o diretor do Liverpool Andy Hughes.