O consórcio da Arábia Saudita deixou cair a oferta de compra do Newcastle United.

A Premier League esteve a analisar a proposta de 330 milhões de euros nas últimas 16 semanas para avaliar a capacidade dos novos donos na gestão de um clube.

Porém, de acordo com a imprensa inglesa, o fundo soberano saudita Public Investment Fund fartou-se de esperar pela conclusão do processo. O fundo referiu que a pandemia de Covid-19 e a atual situação económica também influenciaram a decisão.

Ler mais: Top Donos Mais Ricos da Premier League 202

Em comunicado, o fundo soberano da Arábia Saudita afirmou: “Com o profundo reconhecimento da comunidade de Newcastle e da relevância do seu clube de futebol, chegámos à conclusão de retirar a nossa proposta de aquisição do Newcastle United”.

“Tomamos esta decisão com tristeza, assim como estivemos entusiasmados e totalmente comprometidos em investir na grande cidade de Newcastle e acreditamos que poderia colocar o clube de acordo com a sua história, tradição e adeptos”, acrescentou o fundo.

No mesmo comunicado os responsáveis sauditas dizem ainda que, durante o processo “longo” de avaliação dos potenciais compradores, expirou o acordo comercial entre o Public Investment Fund e os donos do clube. “O nosso caso de investimento já não estava sustentado”, explicou o fundo.

“Particularmente tendo em conta as circunstâncias com que se iniciará a próxima temporada e as novas regras que irão ser aplicadas aos jogos, treinos e outras atividades. O tempo, em si, tornou-se num inimigo da transação, sobretudo durante esta fase de dificuldades acentuadas que todos defrontamos com a pandemia”, disse ainda.

De acordo com a imprensa britânica, a Premier League pretendia obter um clarificação em relação às ligações entre o Estado saudita e o Public Investment Fund antes de tomar qualquer decisão.

Um dos principais obstáculos estariam relacionados com as alegações de que a Arábia Saudita falhou na proteção dos direitos de propriedade intelectual da Premier League em relação às atividades do serviço pirata beoutQ.

O atual proprietário do Newcastle é Mike Ashley, dono da cadeia de retalho de roupa desportiva Sports Direct, com uma fortuna avaliada em 2,3 milhões de libras.