O fundo norte-americano Bain Capital apresentou uma oferta para comprar parte da Serie A italiana, procurando superar uma proposta da rival CVC Capital Partners.

A Bain pretende adquirir uma fatia do multimilionário negócio dos direitos televisivos que estão associados à principal liga de futebol em Itália e ofereceu cerca de €3 mil milhões por uma participação de 25%, adiantaram várias fontes à agência do notícias Bloomberg. Não havia ainda um acordo, acrescentaram as mesmas fontes.

O negócio viria numa altura importante também para os clubes, que procuram soluções financeiras para assegurar a liquidez das suas finanças fortemente afetadas pela crise provocada pelo coronavírus. Desde meados de março que não havia competições.

A oferta da Bain poderá desencadear uma luta pela Liga italiana, depois de a rival CVC Capital Partners ter manifestado interesse nos direitos televisivos dos jogos.

A CVC está em negociações exclusivas com a Serie A desde o mês passado para adquirir cerca de 20% de uma nova companhia que iria ser constituída para gerir os direitos de transmissão televisiva nas próximas 10 temporadas.

Ler mais: Covid-19 pode passar fatura de 720 milhões à Serie A italiana

A CVC apresentou uma proposta de cerca de €2,2 mil milhões de euros por uma participação na nova empresa. Isto daria uma avaliação de €11 mil milhões à Serie A.