Enquanto Khaled bin Zayed Al Nahyan aguarda luz verde para finalizar a compra do histórico Newscastle, importa conhecer quem são os proprietários dos clubes que militam na Liga inglesa. O site especializado Football Mkt publicou o ranking dos acionistas mais ricos da Premier League.

O dono da cadeia de vestuário desportivo Sports Direct, Mike Ashley, aceitou vender os Magpies por 350 milhões de libras ao primo do proprietário do Manchester City, Mansour. O negócio deverá ficar concluído a tempo da próxima janela de transferências do Verão.

Read More: Top Richest Premier League Owners 2020

Khaled bin Zayed Al Nahyan tem uma fortuna avaliada em cerca de 14 mil milhões de libras, muito dinheiro para colocar o Newscastle no topo novamente. O dinheiro não é tudo na vida e também não é no futebol, mas ajuda a comprar os melhores jogadores – que o digam o Chelsea e o Manchester City.

Mas enquanto o negócio entre Ashley e Al Nahyan não é concluído, é importante olhar para o status quo da Premier League.

Do topo

Começando com o proprietário do Manchester City desde 2008, a fortuna do Sheikh Mansour está avaliada em 24 mil milhões de libras. Ele é o vice primeiro-ministro dos Emiratos Árabes Unidos e meio-irmão do atual Presidente Khalifa bin Zayed Al Nayhan.

Mansour também é o chairman da International Petroleum Investment Company e ainda detém uma posição na Virgin Galactic. Ele é dono ainda da Abu Dhabi Media Investment Corporation. Desde que adquiriu os Citizens, o clube conquistou quatro títulos de campeão da Premier League.

Ler mais: Sponsorship Deals in Premier League 2019-2020

Se o negócio com o Newcastle for bem-sucedido, Al Nahyan será o segundo homem mais rico a possuir um clube da Premier League. Enquanto isso não acontece, o russo Roman Abramovich ocupa esse lugar. O milionário russo comprou o Chelsea por 140 milhões de libras em 2003 e trouxe grande sucesso para o clube de Londres. Abramovich detém investimentos em companhias de alumínio e níquel entre outros negócios, possuindo uma fortuna avaliada em 9 mil milhões de libras.

O dono do Arsenal, Stan Kroenke, é terceiro na lista. Embora os Gunner enfrentem tempos desafiantes por estes dias, o seu proprietário é rico, muito rico: Kroenke tem uma fortuna estimada em cerca de 6,8 mil milhões de libras. De onde vem esse dinheiro?

Kroenke casou-se com a herdeira de Walmart Ann Walton em 1974 e mais tarde fundou o Kroenke Group em 1983, uma companhia de investimentos. Kroenke detém ainda o clube da NFL LA Rams. Assumiu o controlo do Arsenal em 2011, já depois de ter entrado para o clube londrino em 2007.

O proprietário do Wolverhampton, Guo Guangchang, está em quarto lugar, com uma fortuna de 5,2 mil milhões. O chinês preside ao Fosun Group, que detém investimentos em áreas que vão desde os seguros, bancos, saúde, turismo, entre outros. Guangchang concluiu a compra do Wolves em 2016 e desde então investiu muito dinheiro no clube no regresso à Premier League.

Guo Guangchang é dono do Wolverhampton.

De uma das famílias mais abastadas do Egito vem Nassef Sawiris, dona de várias companhias de construção, engenharia, entre outros setores. Com uma fortuna de 5 mil milhões de libras, Sawiris substituiu Tony Xia como dono do Aston Villa em julho de 2018 quando recomprou 55% do capital do histórico emblema de Birmingham.

Top Richest Premier League Owners 2020 ranking

  1. Manchester City – Sheikh Mansour (£23.3bn)
  2. Chelsea – Roman Abramovich (£9.6bn)
  3. Arsenal – Stan Kroenke (£6.8bn)
  4. Wolves – Guo Guangchang (£5.2bn)
  5. Aston Villa – Nassef Sawiris (£5bn)
  6. Leicester – Aiyawatt Srivaddhanaprabha (£4.6bn)
  7. Tottenham – Joe Lewis (£3.9bn)
  8. Manchester United – The Glazers (£3.6bn)
  9. Southampton – Gao Jisheng (£3.1bn)
  10. Crystal Palace – Joshua Harris (£2.7bn)
  11. Newcastle – Mike Ashley (£2.3bn)
  12. Liverpool – John Henry (£2.1bn)
  13. Everton – Farhad Moshiri (£1.5bn)
  14. Brighton – Tony Bloom (£1.3bn)
  15. West Ham – David Sullivan and David Gold (£1.2bn)
  16. Bournemouth – Maxim Demin (£900m)
  17. Sheffield United – Prince Abdullah bin Musa’ed (£198m)
  18. Watford – Gino Pozzo (£93m)
  19. Burnley – Mike Garlick (£62m)
  20. Norwich – Delia Smith and Michael Wynn-Jones (£23m)