O OGC Nice continua a surpreender os adeptos de futebol. Depois de ter gerado várias manchetes na imprensa francesa com a contratação de Mario Balotelli, o clube tomou-lhe o gosto e continuou a surpreender tudo e todos ao atingir – e manter – a liderança do campeonato francês. Agora, mais uma notícia inesperada: o Nice vai expandir-se para território asiático, através do reforço de uma parceria com a Hyundai.

A nova parceria irá ter uma duração de dois anos, embora não haja para já números para as verbas envolvidas. A concessionária ofereceu a cada elemento da equipa principal um automóvel, como já é hábito neste tipo de contratos. Em troca, o símbolo e o nome da empresa irão estar presentes no Estádio Allianz Riviera e nos sítios online do clube.

Uma curiosidade: durante a entrega de automóveis à equipa principal, o mediático Mario Balotelli não esteve presente. Ao invés de receber um carro da Hyundai, “Super Mario” recebeu um carro da Alfa Romeo, empresa que não patrocina o clube, e para evitar incidentes diplomáticos optou por não marcar presença.

O interesse asiático por este clube modesto fez-se sentir a partir da última janela de transferências. O clube assinou uma parceria e patrocínio com a agência de viagens chinesa Ctrip, que teve presente nos equipamentos da Liga Europa. Com um número maior de adeptos, o Nice deu também entrada na rede social chinesa Weibo. Antes, o clube já tinha vendido 80% da SAD a investidores chineses e americanos.

A Hyundai tem forte presença no campeonato francês, com o patrocínio na equipa histórica e rival do Nice, o Olympique Lyonnais. O contrato dura há quatro anos e está presente tanto no equipamento como no estádio da equipa francesa.