Jorge Jesus está a ter uma época de sonho no Flamengo. Foto: Facebook Flamengo

Jorge Jesus está a ter uma época de sonho no Brasil. O Flamengo está cada vez mais perto de conquistar o Brasileirão. E pode fazer história na Copa Libertadores. Está na final da mais importante prova de clubes na América do Sul e vai disputar a taça de campeão sul americano com o River Plate no próximo dia 23.

A contratação do técnico português surpreendeu o futebol brasileiro. Poucos conheciam Jorge Jesus. Mas ele rumou ao Brasil a troco de um ótimo salário. Na verdade, quando substitui Abel Braga, o português tornou-se no técnico mais bem pago do Brasileirão: recebe R$ 1,5 milhões por mês, cerca de €330 mil.

No ranking elaborado pela ESPN, Jorge Jesus surge destacado, bem à frente dos técnicos Renato Gaúcho (Grémio) e Jorge Sampaoli (Santos). Ambos auferem um salário mensal de R$ 900 mil, aproximadamente €195 mil. Mas atenção: os contratos prevêem bónus em caso de títulos ou qualificação para a Copa Libertadores na próxima época.

Já fora do pódio encontra-se Mano Menezes, que substituiu Felipão no Palmeiras. O técnico recebe R$ 750 mil mensalmente, o que dá cerca de €160 mil mensais. Seguem-se Tiago Nunes (Corinthians) e Abel Braga (Cruzeiro), ocupando o quinto lugar do ranking com salários mensais de R$ 600 mil (€130 mil).

Em sétimo lugar estão Vanderlei Luxemburgo e Roger Machado. Os líderes do Vasco da Gama e Bahia ganham ambos R$ 300 mil por mês, cerca de €65 mil.

Fechando o top-10, Fernando Diniz (São Paulo) surge em novo lugar, com um salário a rondar os R$ 280 mil mensais (€60 mil mensais). E em 10.º estão Rogério Ceni (Fortaleza), Vagner Mancini (Atlético-MG) e Zé Ricardo (Internacional), com salários mensais de R$ 250 mil (€55 mil).

Segundo o mesmo ranking, Alberto Valentim surge na posição 13. O técnico do Botafogo aufere um salário de R$ 180 mil por mês, cerca de €40 mil.

Ranking maiores salários no Brasileirão

1.º – Jorge Jesus (Flamengo): R$ 1,5 milhão por mês (€330 mil euros)
2.º – Renato Gaúcho (Grêmio): R$ 900 mil (€195 mil)
2.º – Jorge Sampaoli (Santos): R$ 900 mil (€195 mil)
4.º – Mano Menezes (Palmeiras): R$ 750 mil (€160 mil)
5.º – Tiago Nunes (Corinthians): R$ 600 mil (€130 mil)
5.º – Abel Braga (Cruzeiro): R$ 600 mil (€130 mil)
7.º – Luxemburgo (Vasco): R$ 300 mil (€65 mil)
7.º – Roger Machado (Bahia): R$ 300 mil (€65 mil)
9.º – Fernando Diniz (São Paulo): R$ 280 mil (€60 mil)
10.º – Rogério Ceni (Fortaleza): R$ 250 mil (€55 mil)
10.º -Vagner Mancini (Atlético-MG): R$ 250 mil (€55 mil)
10.º – Zé Ricardo (Internacional): R$ 250 mil (€55 mil)
13.º – Alberto Valentim (Botafogo): R$ 180 mil (€40 mil)