Oito Craques do Futebol que Dominam na Mesa de Poker

O futebol até pode ser um desporto de equipa, mas não deixa de beneficiar em última instância os indivíduos com maior espírito competitivo e vontade de ganhar. Conseguir ser um jogador profissional de futebol está longe de ser tarefa fácil e é algo que está apenas reservado aos mais ambiciosos e inteligentes entre os atletas. É por isso apenas natural que grandes futebolistas e ex-futebolistas sejam capazes de aplicar esse mesmo espírito vencedor noutras modalidades, jogos, e situações da sua vida.
Hoje decidimos compilar uma pequena lista com oito craques e ex-craques que provavelmente não só lhe dariam uma lição a jogar à bola como seriam capazes de lhe ‘roubar’ muito dinheiro numa partida de texas holdem poker.

Ronaldo Fenómeno

O homem que José Mourinho considerou recentemente o maior talento que ele alguma vez viu jogar foi também o primeiro ‘Ronaldo’ a brilhar em grande estilo nos relvados europeus. Para além de ter sido campeão mundial pelo Brasil, o homem que todo o mundo conhece como ‘o Fenómeno’ teve ainda a oportunidade de representar emblemas históricos como o Barcelona, Real Madrid e o AC Milan. Mas sabia que, desde que Ronaldo se reformou, ele tem causado sensação na mesa de poker? Num torneio da PokerStars nas Bahamas ele chegou mesmo a levar para casa um prémio superior a 42 mil libras!

Gerard Piqué

Campeão do mundo, campeão europeu, vencedor da Liga dos Campeões, e marido de Shakira. Será que falta alguma coisa a este genial defesa-central espanhol? Claro que não, até porque ele joga poker extremamente bem e está habituado a dominar os torneios da EPT sempre que estes passam por Barcelona. No EPT de 2013 Piqué ganhou um prémio de aproximadamente 65 mil euros, apenas mais uma das muitas medalhas que ele colecciona no seu palmarés de luxo.

Cristiano Ronaldo

‘Poker’ e ‘CR7’ são duas expressões que costumam estar associadas uma à outra por motivos bem diferentes daquele que lhe expomos hoje. No entanto, o nosso Cristiano Ronaldo não está apenas habituado aos pokers dentro de campo, como tem vindo a trabalhar como embaixador para várias marcas de poker desde há vários anos. Para além dos compromissos promocionais, CR7 faz ainda questão de participar num ou noutro torneio, ainda que sem a mesma determinação com que sempre entra num campo de futebol.

Neymar Jr.

Neymar Jr. é um dos futebolistas mais criativos e talentosos do mundo, mas a sua carreira tem sido condicionada pela sua inabilidade em manter-se satisfeito ao serviço de um clube. Depois de ter forçado a saída do Santos e do Barcelona, ele tem dado sinais fortes de querer abandonar o seu actual clube, o PSG. Mesmo assim, Neymar arranja, como CR7, algum tempo livre para frequentar e patrocinar torneios profissionais de poker um pouco por todo o mundo.

Andriy Shevchenko

Esta antiga super-estrela do ataque do AC Milan tem feito uma campanha de grande sucesso desde que se tornou treinador da sua antiga selecção. Os portugueses, que recentemente perderam por 2-1 com a excelente equipa da Ucrânia que Shevchenko montou, sabem bem daquilo que estamos a falar! O que não é tão conhecido de todos é o facto de que Shevchenko é um grande amante de poker! O ucraniano admite que não se sente atraído pela parte financeira do jogo, preferindo em vez disso jogar ‘a feijões’ com amigos. No entanto, talvez um dia o possamos ver a jogar a sério num torneio profissional.

Teddy Sheringham

Este antigo avançado do Tottenham e do Manchester United marcou quase 300 golos ao longo da sua vida futebolística, mas a sua carreira no poker, que começou desde a sua retirada em 2008, não fica de todo atrás. 300,000 é o número de euros que Teddy alegadamente já conquistou a jogar às cartas. Como dizíamos no início deste artigo, vencedores são vencedores, independentemente daquilo que estejam a tentar ganhar…

Vikash Dhorasoo

Já não se lembrava de Dhorasoo, pois não? Este antigo médio-ofensivo originário das Maurícias é essencialmente famoso entre os fãs franceses de futebol, mais concretamente entre os adeptos do Lyon, equipa ao serviço da qual conquistou duas vezes a Liga Francesa. Dhorasoo ainda jogou no Milan, já numa fase final da carreira, mas sem grande sucesso. Desde que se retirou e começou a frequentar os circuitos profissionais de poker, no entanto, as coisas têm sido bem diferentes: Vikash já garantiu duas vitórias em torneios do EPT e muitos novos milhares de euros para a sua conta pessoal.

Poli Rincón

Mais conhecido do público espanhol, este antigo avançado marcou 10 golos em 23 jogos ao serviço de Espanha e passou por emblemas como o Real Madrid (sem sucesso) e o Real Bétis, onde se tornou símbolo. Foi uma vez campeão e venceu uma Copa do Rei. Hoje em dia, Poli é mesmo mais reconhecido no seu país natal como jogador profissional de poker do que como ex-futebolista. É principalmente proeminente enquanto jogador online.