Foto: DR

Com a vitória do Sport Lisboa e Benfica esta quarta-feira, Portugal roubou à Rússia o milionário sexto lugar do ranking de clubes da UEFA. A derrota do Zenit frente ao RB Leipzig, no mesmo grupo dos campeões nacionais, ajudou à ultrapassagem.

Num duelo por três equipas na Champions 2021/22, duas delas com entrada direta e uma outra na terceira pré-eliminatória, as equipas lusas passaram a somar 43,849, superando os 43,549 dos russos, que não pontuaram.

Portugal tem uma boa probabilidade de manter este lugar, dado que tem mais equipas em prova na Europa – cinco, contra quatro da Rússia -, além de que o divisor de pontos penaliza mais os russos, que começaram a temporada com mais representantes europeus do que os portugueses.

Portugal, que já sabe que em 2020/21 (sétimo nas contas entre 2014/15 a 2018/19) manterá a situação atual – uma entrada direta na Champions e outra na terceira pré-eliminatória -, está bem posicionado para acabar a presente temporada no sexto posto e conseguir, em 2021/22, recuperar uma segunda entrada direta.