Foto: AFP/DR

Numa altura em que o Sport Lisboa e Benfica continua sem vencer na Liga dos Campeões, os cofres, esses, continuam a encher e bem. A disputar atualmente a décima edição consecutiva, os lisboetas amealharam os 250 milhões de euros em receitas na prova milionária – o valor ascende neste momento a 253 527 M€, segundo dados recolhidos nos relatórios financeiros da UEFA.

Para atingir este valor, muito contribuíram os 93,3 milhões de euros relativos quer a 2018/19 quer já a esta nova temporada, período no qual a UEFA aumentou o Prize Money. O valor equivale a 36,8 por cento do encaixe global dos encarnados desde 2010/11.

Este ano, os encarnados já garantiram no mínimo 44 milhões de euros pela participação na Champions League. 42,95 no que diz respeito à entrada direta na fase de grupos, ao qual acrescem mais de um milhão devido ao FC Porto ter sido eliminado e ter caído para a Liga Europa.

Estes 253 milhões de euros são superiores em 14 milhões relativamente aos dragões. O FC Porto amealhou até este ano 239 milhões de euros. Ainda assim, os portistas detêm o recorde de maior encaixe numa época. Sérgio Conceição e a sua equipa levaram o FC Porto a ganhar mais de 78 milhões de euros na última época com a chegada aos quartos de final.

Já o Sporting acumulou das passagens entre 2014 e 2018 mais de 58 milhões de euros. O Sporting de Braga é o último dos portugueses na tabela dos ganhos, com as presenças em 2010/2011 e 2012/2013, ganhando quase 24 milhões de euros.