O Mundial da Rússia terminou no passado dia 15 de julho, com a vitória da França frente à Croácia por 4-2. Após a competição, chega a hora de fazer contas às repercussões do maior torneio de seleções do mundo. Para além dos prémios por classificação, tal como o Finance Football reportou, as federações de futebol também fazem as contas do impacto do Mundial nas suas redes sociais. 

Segundo um estudo da result-sports.com, a seleção francesa foi a equipa em competição que mais seguidores ganhou no Facebook, Instagram, Twitter e Facebook durante o Mundial. Ao todo, a França conquistou quase dois milhões de seguidores nas quatro redes sociais (1.951.954 seguidores). Os “bleus” apenas foram ultrapassados pela Inglaterra no Twitter, onde os “Three Lions” conquistaram mais 227 mil seguidores contra os 200 mil da França. Em segundo lugar, aparece o Brasil, com mais 1.394.755 seguidores. Das redes sociais dos canarinhos, destaca-se o segundo lugar na tabela de novos seguidores no Instagram, com mais de 1 milhão de novos seguidores.

Portugal, apesar da eliminação nos oitavos-de-final do Mundial, foi a 3ª seleção que conquistou mais seguidores durante o Mundial da Rússia. As plataformas sociais da seleção das “quinas” contam agora com mais 1.366.297. Dentro das redes sociais que mais cresceram, destaque para o Instagram (490 mil) e Facebook (425 mil). Na última, a página Seleções de Portugal foi a segunda página de Facebook que mais cresceu durante a competição, apenas atrás da vencedora França. Atualmente (24 de junho de 2018, Portugal conta com 4,2 milhões de gostos no Facebook, 605 mil seguidores no Twitter e 2,3 milhões de seguidores no Instagram. No top 10 e apesar do terceiro lugar, de registar que Portugal é o país que conta com a população mais reduzida (10,6 milhões de habitantes contra os 46,6 de Espanha).

A eliminação nos oitavos-de-final não afetou o crescimento das redes sociais lusas (Foto: Jewel Samad)

Atrás de Portugal e com um crescimento acima de um milhão de seguidores, surgem a Inglaterra, México e Argentina, no quarto, quinto e sexto posto, respetivamente. A Rússia, Espanha, Alemanha e Colômbia fecham o top 10. Destaque para a presença de seis seleções europeias no lote das que mais cresceram.

Foto de capa: Seleções de Portugal (Facebook)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *