O BPI, quinta maior instituição financeira a operar em Portugal em termos de activos, é o novo patrocinador das seleções A portuguesas de futebol masculino e feminino, assim como dos sub-21. O banco detém também os “naming rights” da primeira divisão de futebol feminino, que será denominada “Liga BPI” (ex-Liga Allianz).

Para além do referido, o contrato prevê que o banco liderado por Pablo Forero tenha um papel de apoio nas camadas jovens do futebol português e irá “dinamizando, em conjunto com a FPF, várias iniciativas de Responsabilidade Social do organismo que superintende o futebol português”. O contrato dura até 2022.

O BPI pretende tornar-se um parceiro da FPF a longo-prazo (Foto: FPF)

Fernando Gomes afirma que esta parceria vai para além do valor comercial: “Ligam-nos os valores comuns às duas instituições e a ambição de, nas nossas áreas de ação, contribuirmos para o desenvolvimento social, desportivo e económico do país”, referiu. O presidente executivo do BPI, Pablo Forero, partilha a mesma visão de Gomes, acrescentando que esta é uma oportunidade para o BPI “implementar uma estratégia de patrocínio a longo-prazo e beneficiar do crescimento do negócio através do poder agregador e social do futebol“.

A cerimónia na Cidade do Futebol contou com a presença de Fernando Gomes, presidente da FPF, e Pablo Forero, presidente do BPI. A embaixadora do banco, Sara Sampaio, o selecionador nacional, Fernando Santos e os diretores da FPF Pauleta e João Pinto foram outras das caras que marcaram a cerimónia.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *