A Indonésia e a Tailândia podem ser os anfitriões do Mundial em 2034. Os países asiáticos pretendem receber a maior competição de futebol do Mundo daqui a 16 anos, de forma a colocar os países numa posição de destaque a nível desportivo e económico.

Os países da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN) mostram-se bastante dispostos a canalizar fundos para a organização da competição, apesar da fraca cultura desportiva e falta de infraestruturas suficientes para receber um evento de dimensões tão abrangentes. Apesar de certos países terem dado um passo atrás neste projeto (ex: Malásia), a Indonésia e a Tailândia são os representantes da ASEAN que pretendem receber o Mundial.

A Tailândia mostrou a sua intenção de organizar o Mundial através de Benjamin Tan, CEO da Federação Tailandesa de Futebol. Esta intenção foi subscrita pela secretário-geral da Associação de Futebol da ASEAN (AAF), Dato Sri Azzuddin Ahmad, que acrescentou que será uma candidatura conjunto com a Indonésia. De facto, a Indonésia é o único país do sudoeste asiático a marcar presença num Mundial: aconteceu em 1938 (na altura representada como Índias Orientais Holandesas), competição que decorreu em França.

A Tailândia e a Indonésia tentam promover a sua cultura desportiva com a organização do Mundial (Foto: abola.net)

O secretário-geral adjunto da Federação Indonésia de Futebol (PSSI), Joko Dryono, afirmou que a organização do Mundial no sudoeste asiático seria um motor para a economia local e que ia ajudar a motivar o crescimento da cultura desportiva do seu país. “O Mundial ia ajudar às nações do sudoeste asiático a melhor as suas infraestruturas desportivas”. Por outro lado, destaca a importância da divulgação do Mundial em si como um evento cada vez mais multicultural e diversificado: “Já tivemos o Mundial em África, depois no Brasil e agora na Rússia; em 2034, é a vez do sudoeste asiático”. No entanto, esta não seria a primeira vez que um Mundial seria organizado na Ásia. Em 2002, a Coreia e o Japão receberam a competição e o Qatar já prepara o Mundial de 2022.

Os dois países, que nunca receberam  falharam a qualificação para o Mundial da Rússia e estão fora dos 100 primeiro do Ranking da FIFA: enquanto a Tailândia está no 122º lugar, a Indonésia encontra-se no 164º.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *