Jackson Martínez, antiga vedeta do FC Porto, tem andado desaparecido dos radares depois da sua transferência multimilionária (42 milhões de euros) para o Guangzhou Evergrande, da China. A verdade é que o avançado se encontra sem clube desde março deste ano.

As lesões afetaram Jackson Martínez desde a sua mudança para a China. Sem qualquer jogo na época de 2017/18, o sul-americano foi relegado para as reservas do clube e, posteriormente, dispensado. Fez apenas quatro golos em 15 jogos pelo emblema, na altura, treinado por Luiz Felipe Scolari.

Contudo, os números do colombiano no Dragão são impressionantes. Depois de chegar dos mexicanos do Jaguares por, sensivelmente, 9 milhões de euros, Jackson fez 136 jogos pelo clube, marcando 92 golos. Com um apurado faro de golo, as três épocas de azul e branco valeram-lhe uma transferência de 37 milhões de euros para o Atlético Madrid.

Jackson Martínez é um dos melhores marcadores de sempre dos “dragões”.

A sua passagem pelo emblema da capital espanhola foi também desapontante. O ponta-de-lança jogou em 22 ocasiões, marcando apenas três tentos. Diego Simeone não ficou satisfeito e aproveitou o interesse dos chineses para o vender na mesma época em que havia chegado.

Depois de ter brilhado na Colômbia, no México e em Portugal, Jackson foi incapaz de vingar em Espanha e na China. As lesões assombraram-no no Guangzhou, mas no Atlético Madrid talvez a pressão se tenha feito notar demasiado. Afinal de contas, quem chega por quase 40 milhões de euros, com uma média de 0,7 golos por jogo, tem expectativas elevadas à sua espera.

Ler também: James Rodriguez é o maior flop financeiro de 2017

O jogador continua à procura de um novo clube, apesar de já o terem ligado a clubes como o Sporting CP e o Pachuca. O ex-futebolista e estrela colombiana Faustino Asprilla afirmou que “Jackson Martínez nunca mais vai ser aquele que brilhava no FC Porto”, independentemente do clube para onde vá.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *