A saída de Neymar do FC Barcelona despoletou no futebol valores absurdos de transferências. Desde então, Ousmane Dembélé e Philippe Coutinho assinaram pelos catalães, a troco de mais de uma centena de milhões. Para prevenir o que aconteceu com o astro brasileiro, o líder espanhol blindou todos os jogadores.

Ler mais:

Clubes pagam o dobro daquilo que os jogadores valem

Neymar ainda pode custar milhões ao Barcelona

Barcelona é o clube que mais gasta em salários

Ninguém achava possível um clube pagar 222 milhões de euros por um jogador. Porém, no verão de 2017 foi isso mesmo que se sucedeu. Desde aí, os valores de transações têm sido cada vez mais elevados. Exemplo de Mbappé para o PSG, Van Dijk para o Liverpool e muitos mais. Desta feita, para algum clube conseguir adquirir o passe de um jogador catalão vai ter de abrir os cordões à bolsa, com valores que estão ao alcance de uma minoria de clubes no mundo.

As novas aquisições dos blaugranas também já estão inseridos nesta pesquisa: Yerri Mina com uma cláusula de 100 milhões de euros, enquanto o internacional brasileiro no valor de 400 milhões de euros.

Ler mais: Quanto ganha Philippe Coutinho?

Contudo, a cláusula de rescisão mais alta do futebol pertence a dois jogadores do eterno rival do Barcelona, o Real Madrid. Cristiano Ronaldo, crónico rival de Lionel Messi, ganha neste confronto. O português tem, a par de Benzema, uma cláusula de rescisão fixada nos 1000 milhões de euros, valor significativamente superior à de Messi no Barcelona – 700 milhões de euros.

Ler mais: Cláusula de Rescisão de 700 M€ para Messi

À velocidade que os valores gastos em transferências de um único jogador têm aumentado, tudo leva a crer que os valores das cláusulas comecem a subir cada vez mais e em tão curto espaço de tempo. Neymar foi apenas o inicio.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *