A Adidas planeia obter, a médio prazo, cerca de 20% de participação no mercado dos EUA. A marca tem vindo a crescer rapidamente ao longo dos anos, mas não quer ficar por aqui e procura, assim, espaço no país de origem dos principais concorrentes.

Ler mais: Adidas lucrou 1.000 milhões em 2016

Em 2016, os especialistas chegaram à conclusão que a marca alemã tinha uma presença inferior a 7% nos Estados Unidos da América. Contudo, em 2015 esse número situava-se nos 4%. Nos primeiros três trimestres de 2017, a marca já registava um número superior aos 11%.

Em 2017, a marca alemã teve mais 15,6% de vendas nos três primeiros trimestres do que nos mesmos períodos de 2016, fazendo mais de 16 mil milhões de euros. Fazendo as contas, constata-se que o lucro líquido da Adidas melhorou 10,8%, ou seja, cerca de 1.1 mil milhões de euros.

Ler mais: AC Milan troca Adidas pela Puma

O Diretor Financeiro da Adidas, Hans Ohlmeyer, constatou o crescimento e explicou que a evolução positiva terá de ser acompanhada com um maior investimento em logística e infraestruturas.

Isto terá de ser feito “para que não haja problemas com as entregas dos produtos da marca” alemã, admitiu Ohlmeyer numa entrevista ao jornal Börsen Zeitung. Assim sendo, a Adidas está a planear construir um novo espaço na Alemanha. O novo local servirá, maioritariamente, para melhorar as operações digitais no país.

Ler mais: Football Leaks: Real Madrid’s Adidas contract worth €1bn

Apesar de ter ultrapassado a Air Jordan (9,5% de participação de mercado), a Adidas ainda fica aquém de chegar aos números da Nike. A marca norte-americana lidera o mercado com 37% de participação. Desde 2015, que contrato de fornecimento de material desportivo à NBA tem ajudado a isso.

A atual evolução nos mercados da China e dos EUA, fizeram com que os germânicos crescessem em mais de 20%. Este ano a empresa espera chegar aos 26% de lucro.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *