O Manchester City está em vias de ter um novo fornecedor de equipamento desportivo. Tendo em conta que o contrato com a Nike expira no final da presente época, o clube inglês já encetou negociações com a Puma de modo a substituir a marca norte-americana.

De acordo com o Daily Mail, a empresa alemã oferece 56 milhões de euros por temporada. Seria mais do dobro daquilo que o Manchester City recebe da Nike (22,3 M€).

As razões apontadas para o interesse da Puma fazer esta proposta prendem-se com o facto de o clube ter crescido substancialmente nos últimos anos, tanto a nível nacional como internacional, e devido à importância que Sergio Agüero tem na equipa de Pep Guardiola.

O jogador argentino é um dos principais embaixadores da marca no mundo do futebol e já está no emblema de Manchester desde a temporada 2011/2012. Com um total de 269 jogos e 180 golos, o atleta de 29 anos é também uma das principais figuras do clube.

Atendendo aos valores do negócio, esta parceria pode tornar-se a quarto maior entre clubes de futebol e empresas de material desportivo. Apenas Barcelona/Nike (155 milhões de euros a partir de 2018), Manchester United/Adidas (83,8 M€) e Chelsea/Nike (67 M€) surgem acima na lista.

A marca alemã procura impor-se cada vez mais no mundo do futebol, sendo que já foi também apontada como a nova fornecedora de Milan, Olympique de Marselha e Borussia Mönchengladbach para a próxima temporada.

A confirmar-se, o acordo entra em vigor a partir da época 2018/2019, sendo que chega ao fim uma ligação de cinco épocas do Manchester City com a Nike, que havia sucedido à Umbro.

O Manchester City encontra-se no primeiro lugar e invicto na Premier League. Conta, ainda, com a presença em todas as competições iniciais, incluíndo a Champions League.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *