A jovem estrela Kylian Mbappé continua a fazer justiça ao seu título de “próximo Thierry Henry”. Tanto que a imprensa francesa fala já em eventuais propostas do PSG e do Real Madrid, ofertas que poderiam atingir o valor astronómico de 135 milhões de euros. Será que o jovem vale assim tanto? Apesar de os tubarões do futebol europeu terem estofo financeiro para pagar isso e muito mais, a história sugere que dificilmente Mbappé sairá por um valor remotamente semelhante a este.

Não está em causa a classe do jovem, que se prepara seguramente para ser uma estrela do futebol mundial. Com apenas 18 anos, já agarrou a titularidade do Mónaco ao realizar 44 jogos esta temporada. Leonardo Jardim acreditou no moço e a aposta valeu a pena. No conjunto de todas as competições, Mbappé fez o gosto ao pé 26 vezes. Uma média de golos por jogo impressionante para um jogador ainda tão jovem. As comparações com Henry, diga-se, não são desajustadas.

O problema está no valor exuberante de 135 milhões que todos falam. O Finance Football olhou para os números, avaliou o histórico de transferências e concluiu que dificilmente haveria algum clube disposto a pagar um montante desta ordem pelo jovem francês.

As contas são fáceis de explicar. Mbappé está avaliado no site de transferências Transfermarkt em cerca de 35 milhões de euros, um valor altíssimo mas que é apenas cerca de um quarto dos montantes que têm vindo a lume na imprensa internacional. E, por norma, as compras de vendas de ‘jovens craques’ não costumam ser muito superiores ao valor que o mercado já lhe atribui. Há alguns poucos casos de divergência, mas por norma acontecem em situações em que o valor de mercado é tão curto que qualquer preço pago acima dessa fasquia já representa um enorme ‘prémio’.

De facto, ao longo da última década e meia, o mercado de transferências deu palco a grandes vendas de ‘jovens estrelas’, como Cristiano Ronaldo, Martial, Marquinhos, Luke Shaw, Calum Chambers e Renato Sanches. Apesar de todos terem sido transferidos por mais do que aquilo a que estavam avaliados, as diferenças eram tendencialmente curtas. Por exemplo, Renato Sanches foi vendido por 35 milhões, menos do dobro da avaliação de mercado feita na altura (20 milhões). A análise do Finance Football mostra que, quando a avaliação do mercado é generosa, evitam pagar mais do que o dobro desta avaliação.

O que significa isto para o jovem francês? Feitas as contas, o astro francês valeria, quanto muito, 70 milhões de euros. Uns bons patamares abaixo do valor de 135 milhões que se especula na imprensa.

Entretanto, Leonardo Jardim vai fazendo tudo que consegue para segurar a sua galinha dos ovos de ouro. A equipa monegasca não se faz rogada e oferece um aumento de quase 900% no ordenado de Mbappé. Os 80 mil euros mensais passarão a 700 mil, caso aceite a proposta. O aumento salarial colocaria o jovem francês ao nível do seu colega de equipa Radamel Falcão.

“Kylian é o champanhe, é Beethoven! É qualquer coisa de extraordinário. Para mim, é ele o futuro Bola de Ouro nos próximos anos. Ele é completamente diferente. Neste momento, está a 60% do seu nível, pode ainda evoluir mais 40% e já faz atualmente a diferença”, contou um antigo responsável do Mónaco, Luís Campos. Veremos em quantos milhões de euros se traduz esta avaliação verbal.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *