Ao assegurar o título inédito de campeão inglês, o Leicester City vai receber 120 milhões de euros relativos à repartição do dinheiro dos direitos televisivos.

Um sonho. O Leicester City assegurou hoje o título inédito de campeão nacional, depois do Tottenham ter empatado no reduto do Chelsea. Em termos financeiros, a equipa sensação da Premier League deverá esperar um retorno histórico. Além da presença na Champions League da próxima temporada, os Foxes vão arrecadar qualquer coisa como 120 milhões de euros do bolo televisivo.

Relacionado: Direitos televisivos da Premier League em 2014-2015

Isto é mais 27 milhões de euros do que na temporada passada. Um crescimento que se deve sobretudo à componente mérito, cujo prémio associado ao campeão nacional é de 32 milhões de euros – no ano passado recebeu cerca de 10,5 milhões de euros por ter terminado no 14.º lugar.

Adicionalmente, a boa campanha dos homens de Ranieri abriu o apetite da televisão para mostrar mais jogos em directo, o que fez aumentar o dinheiro relativo às ‘facility fees’ dos 11,2 milhões de euros para os 18 milhões.

Em relação à Liga dos Campeões, estão garantidos mais 40 milhões de euros provenientes do prémio da UEFA e dos direitos televisivos.

O ‘jackpot’ poderá acumular mais alguns milhões se o Leicester City e os seus responsáveis conseguirem rentabilizar da melhor forma o bom momento e a visibilidade que um campeão inglês atrai.

Negociando um novo contrato de patrocínio e os ‘naming rights’ do estádio ou aumentando as vendas de ‘merchandise’ ou camisolas, o Leicester terá um amparo financeiro bastante robusto para evitar a saída de talento e atrair novos craques.